Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2012

Ternurinhas...

Imagem
Não sendo propriamente Dia dos Namorados (até porque eu sou contra esses dias puramente comerciais), sinto vontade de extravasar Amor por esta blogosfera fora.... Há momentos na nossa vida que nos fazem sentir confiantes e maravilhados perante todo o leque de opções que a vida nos oferece. E quando temos a sorte de poder partilhar isso com quem amamos, a viagem adquire contornos mágicos e maravilhosos. Sim estou lamechas.. Sim, sou um romântica incurável... Sim estou apaixonada! Sim estou FELIZ!!!  E sim, sinto borboletas no estômago. Já as sinto há quase 4 anos, mas agora parece que se multiplicaram...
Por tudo isso, achei que faria todo o sentido partilhar com os meus leitores ( eu sei que vocês existem...), alguns instantâneos de alguns casais reais.  Momentos de ternura captados pelas câmaras, que valem mais que mil palavras e legendas.  Demonstrações de amor real (tanto em estatuto, como em sentido lato).
Rainha Isabel II do Reino Unido e Príncipe Philip
Rainha Margarida II da Dinamarca e P…

Hum...Mónaco??

Imagem
Muito honestamente, por vezes esqueço-me que o Mónaco é monarquia.  Talvez porque não o considere, preconceituosamente, uma monarquia a sério...Uma rapariga tem que ser conservadora em algumas coisas. Quando oiço falar em Mónaco penso em 3 coisas: Fórmula 1, Channel e Casinos. Destas três coisas apenas uma, a Channel, pode encontrar reflexo numa ligação à realeza na pele da Princesa Carolina do Mónaco (ainda será de Hannover??) .... Adiante! Há algum tempo que penso que já falei aqui em quase todas as casas reais europeias, mais coisa, menos coisa, e o Mónaco, fica sempre em  banho-Maria. Fico sempre muito hesitante, de qualquer forma a nova primeira-dama do Mónaco, a Princesa Charlene, é alguém acerca da qual não consigo ter uma opinião formada (tanto o quanto se consegue ter opinião acerca de alguém que não se conhece).  Parece simpática? Triste? Feliz?  É elegante? Sofisticada? Tem roupas giras? É bonita? Está grávida? Vai abandonar Alberto assim que possa? É bipolar?
Para todas estas (simple…

Um bom dia para casar :)

Imagem
Se querem escolher uma data simbólica para casar, de modo a partilhar esse dia com algum casal real favorito, escolham o dia 19 de Junho, e têm grandes probabilidades de acertarem (Eu pessoalmente sou egoísta...)
Ora bem, comecemos há 36 anos atrás... 19 de Junho de 1976
O Rei Carl Gustaf e Silvia Sommerlath anunciaram o seu noivado a 12 de Março de 1976 e casaram três meses depois a 19 de Junho na Catedral de Estocolmo. Seria  a primeira vez que uma plebeia casava com um membro da Família Real Sueca. O vestido de noiva foi assinado pela Casa Dior. Feito em seda e com uma longa cauda, era muito simples e recatado por assim dizer. Sílvia usou a Tiara dos Camafeus, que é por norma a Tiara dos Casamentos na Suécia. Esta tiara pertenceu inicialmente à Imperatriz Josephine de França, tendo sido um presente de Napoleão Bonaparte. O longo e delicado véu em renda, foi usado pela primeira vez em 1932 pela Rainha Sofia e também esta peça se revelaria um dejá vu 34 anos depois.


Há 13 anos atrás: 
19 d…

Resumo T&T

Imagem
Olá a todos
Desculpem a ausência, mas têm sido uns dias bem preenchidos. 
No mundo das Tiaras há novidades todos os dias, mas como este blogue não tenciona ser um díário de tudo o que se passa pelo mundo de Suas Altezas, aqui fica um resumo dos acontecimentos que achei mais interessantes a nivel de Tiaras....e Tesouras pois claro:


- Bélgica 
Os Príncipes herdeiros da Bélgica Philippe e Mathilde realizaram uma visita de Estado de 3 dias ao Império do Sol Nascente, onde foram recebidos no Palácio Imperial pelo Imperador Akihito e pela Imperatriz Michiko. Digam lá que não estão o máximo?

Da esquerda para a direita: Princesa Mathilde da Bélgica, Imperador Akihito do Japão, Principe Philippe da Bélgica e Imperatriz Michiko do Japão Fonte: news.com
- Dinamarca A Princesa Herdeira Mary esteve bastante ocupada visitou a Gronelândia (sim a Gronelândia é dinamarquesa) numa missão em prole da sua fundação (saber mais sobre Mary Fonden aqui ) tendo a vista uma sensibilização acerca do problema do  bullyi…

Gosto!!!

Imagem
Gosto muito de descobrir pessoas e interesses em comum.
Hoje foi um dia desses, royalty speaking.
Resolvi escrever sobre eles porque vale a pena.
Mas mais palavras para quê? O melhor é darem uma espreitadela aqui e ficarem a conhecer um pouco mais este simpático casal que "onde a realeza faz a festa, eles assistem".






Porque o lema "Servindo-nos uns aos outros, torna-mo-nos livres", também se aplica na blogosfera.

Que Jubileu mais fashion

Imagem
Porque nem só de valores e homenagem se fala no Jubileu, vamos falar de coisas futéis que adoramos: Roupa e looks no geral!! Durante  4 dias, os olhares dos fashionistas estiverem focados no que algumas das damas da Família Real Britânica iriam usar. As ocasiões eram variadas: Corridas de Cavalos de Derby, o desfile de barco pelo Rio Tamisa, o Concerto em frente do Palácio de Buckingham e finalmente o serviço religioso de Acção de Graças na Catedral de S. Paulo seguido do desfile de carruagem pelas ruas de Londres. As damas estiveram à altura? Sinceramente não consigo dizer quem esteve melhor. Para mim, todas, sem excepção estiveram deslumbrantes, fiéis ao seu próprio estilo e acima de tudo usando o mais essencial acessório a cada indumentária: alegria!! Um sentimento que foi preponderante, para que cada uma brilhasse com luz própria.  Inglesas como só elas, usaram e abusaram dos chapéus, e cada um foi "de se lhe tirar o chapéu". Aqui fica um olhar para os modelos usados para alg…

Orgulho Britânico

Imagem
Muito poderia dizer acerca das comemorações do Jubileu de Diamante da Rainha Isabel II. Eu pessoalmente fiquei sem palavras. Se há coisas que me arrepiam, uma delas é o orgulho de um povo. E se esse orgulho vier com sotaque britânico, então eu estou oficialmente rendida. Algo de transcendente aconteceu este fim-de-semana em cada esquina de Londres, e arrisco a dizer de todo Reino Unido. Quando a identidade de uma Nação encontra reflexo numa única pessoa a graditão de um povo é demonstrada assim:
© Colin McPherson/Corbis
Desfile no Rio Tamisa nas Comemorações do Jubileu de Diamante da Rainha Isabel II
Discurso do Príncipe de Gales, à sua Mãe e Rainha no Concerto do Jubileu de Diamante da Rainha Isabel II

Espectáculo aéreo a encerrar as comemorações do Jubileu de Diamante da Rainha Isabel II

Só neste fim de semana, fiquei com vontade de ser britânica.

The Queen

Imagem
Começam este fim de semana as celebrações que marcam os 60 anos de reinado da Rainha Isabel II do Reino Unido. Um marco apenas antes conseguido pela Rainha Vitória!
A actual monarca constitucional é chefe de Estado do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, Antígua e Barbuda, Austrália, Bahamas, Barbados, Belize, Canadá, Granada, Jamaica, Nova Zelândia, Papua-Nova Guiné, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Ilhas Salomão e Tuvalu. A rainha Isabel II é também a chefe da Comunidade de Nações, governante suprema da igreja da Inglaterra (também denominada igreja anglicana), comandante-em-chefe das Forças Armadas do Reino Unido, Lorde de Mann e Duquesa de Normandia. 
Nascida Isabel de York, quis o destino (e o amor do seu tio, o então Rei Eduardo VIII, por uma americana divorciada) que o seu pai subisse ao trono como Rei Jorge VI, um Rei gago que ainda assim foi a voz de um povo em tempos de Guerra (ver trailer de The King's Speechaqui). Lilibeth, como é ca…

Crianças hoje. Monarcas amanhã

Imagem
Ser criança é um estado de alma. É um direito. É uma fase mais ou menos longa... Segundo um livro que li, "a infância não é uma fase que começa quando nascemos e acaba quando colocamos de lado brinquedos e atitudes infantis. A infância é o Reino onde ninguém morre..." Extrapolando esse reino que é a infância para os Reinos que existem de facto, o que vemos? Vemos crianças cujos nascimentos foram celebrados com salvas de canhão, cuja vinda foi aguardada com enorme expectativa pelos meios de comunicação social e pelos súbditos em geral, crianças que ao nasceram mudaram ou estão prestes a mudar leis de sucessão regentes há centenas de anos nos seus países, surpreenderam pelos nomes com que foram baptizadas e pelas travessuras que fazem em público. Estes herdeiros, ao contrário da geração dos seus pais, enfrentam as câmaras desde cedo, participam em acontecimentos oficiais desde tenra idade, frequentam escolas públicas, aparecem frequentemente em parques infantis com os pais e de mo…