Sonhos com História #3 / Dreaming with History #3

Hoje fazemos um dois em um. Falamos de mais um filme ao mesmo tempo que faço a vontade a alguns leitores do meu blogue que me têm pedido para escrever sobre monarquias menos conhecidas.
O filme de hoje transporta-nos para o distante reino do Sião, actual Tailândia, no século XIX em que o Império Britânico ainda se estendia até à Índia e em que o imperialismo e inovação ameaçava corromper os costume e tradições de um Reino Budista desconhecido para a maioria do mundo Moderno.
Quando duas culturas tão distantes se encontram, o resultado é avassalador.
Today we do a two in one. We talk about another movie while I attend to some readers request who have asked me to write about lesser known monarchies. 
The film takes us today to the distant kingdom of Siam, current Thailand, in the nineteenth century when the British Empire still extended to India and by the time the imperialism and innovation threatened corrupt  the custom and traditions of a Buddhist Kingdom still unknown to most of the Modern world. 
When two cultures are so distant, the result is overwhelming.

Anna e o Rei / Anna and the King

O filme, primeiro que tudo é uma adaptação do livro, com o mesmo nome de Margaret Landon publicado em 1944. Baseado nos diários de Anna Leonowens, um professora britânica que vai para o Sião em 1860 para ensinar os 58 filhos do Rei Mongkut. A história concentra-se essencialmente no choque culturaral entre os valores vitorianos e as leis autocráticas do Sião. Este livro serviu de inspiração para três filmes: "Anna e o Rei do Sião" em 1946, "O Rei e eu", em 1956 e "Anna e o Rei" em 1999, que foi o único que vi.
The film is, first of all an adaptation of the book with the same name published in 1944 by Margaret Landon. Based on the diaries of Anna Leonowens, a British schoolteacher who goes to Siam in 1860 to teach the 58 children of King Mongkut. The story focuses mainly on culturaral clash between victorian values ​​and the autocratic laws of Siam This book has inspired three films: "Anna and the King of Siam" in 1946, "The King and I" in 1956 and "Anna and the King" in 1999, which was the only one I saw.


Durante a sua estadia no Sião, a viúva Anna que viaja acompanhada com o seu filho Louis e por dois criado indianos, luta contra as injustiças, enfrenta o Rei com coragem e tenta mudar adaptar-se a uma realidade e mentalidades completamente diferentes e influenciar quem a rodeia a fazer o mesmo. Divergências, choque de culturas, mal-entendidos e até o início de um romance marcam o relacionamento entre Anna e Mongkut.
Pessoalmente acho o filme revelador do quanto dois corações tão díspares podem ser tão semelhantes. O filme ganha também pelo final que não é o desejado que é o possível, num país em que tudo tem o seu tempo.
During her stay in Siam, Anna, a widow, who travels accompanied by her son Louis and by two Indians servants, fights against injustice, courageously facing the King and tries to change and adapts to a completely different reality and mentality and influence who surrounds her to do the same. Differences, culture shock, misunderstandings and even the beginning of a romance mark the relationship between Anna and Mongkut. 
Personally I think the revealing film as disparate as two hearts can be so similar. The film also won by its end that it is not what you want, but what is possible in a country which everything takes its time.


Eu não sei se é da fantástica representação dos actores, se é da diferença e exotismo que nos transporta para uma das únicas monarquias budistas do Mundo, se é de tudo isso e mais alguma coisa, mas a verdade é que este filme é para mim uma pérola e uma prova de amor e admiração inegável. E claro os vestidos de Anna ajudam muito.
I do not know if it's the fantastic representation of the actors, if it is the difference and exoticism that transports us to one of the only Buddhist kingdoms of the world, or if it is all this and something else, but the truth is that this movie is for me a pearl and a proof of undeniable love and admiration. And of course the Anna's dresses too...

Não encontrei o filme no youtube, mas podem ver aqui online e grátis.
I didn´t found the movie on youtube, but you can see it here online for free.


Nota histórica: o Rei Mongkut foi o quarto Rei do Sião (1851-1868). Foi um dos monarcas mais reverenciados do país e os historiadores são unânimes em considerá-lo como um dos reis mais notáveis da dinastia Chakri. Durante seu reinado, a pressão do expansionismo ocidental sentiu-se pela primeira vez no Sião. Mongkut abraçou inovações ocidentais e iniciou a modernização do seu Reino, tanto em tecnologia como em cultura, o que lhe valeu o epíteto de "O Pai da Ciência e Tecnologia". O seu filho e sucessor, Chulalongkornaluno de Anna, criou um exército e uma administração moderna, aboliu a escravidão e empreendeu a construção de ferrovias, dando origem à modernização do país. 
Historical note: King Mongkut was the fourth King of Siam (1851-1868). It was one of the most revered monarchs of the country and historians are unanimous in regarding him as one of the most remarkable kings of the Chakri dynasty. During his reign, the pressure of Western expansionism was felt for the first time in Siam and Mongkut embraced Western innovations and initiated the modernization of his kingdom, in both technology and culture, earning him the epithet of "The Father of Science and technology ". His son and successor, Chulalongkorn, Anna's pupil, created an army and a modern administration, abolished slavery and undertook the construction of railways, leading to the modernization of the country.


Anna Leonowens: I would like to know why... , if science can unravel something as beautiful as music... , why it cannot posit a solution for a schoolteacher and a king.
King Mongkut: The manner in which people might understand such new possibilities is also process of evolution.
Anna Leonowens: Everything in Siam has it's own time.

Anna and the King, 1999

Comentários

  1. Bom Já que vocês estão falando de historias de Monarquia não conhecida , podia fala do Império do Brasil? :)
    By: Victoria

    Rio de Janeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Victoria. Obrigada pelo seu comentário. Pedido anotado. Fique atenta a esta semana. :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares