Kate e Meghan: uma reflexão (sim, mais uma!) / Kate and Meghan: a reflection (yes, one more!)

Como referi no último post de 2017 ao fim de quase 6 anos de existência, cheguei à conclusão que o T&T é um reflexo de mim mesma, do meu crescimento como pessoa, dos meus altos e baixos e como tal o T&T não é um blog perfeito. É fruto de quem escreve estas palavras, dos seus conhecimentos, opiniões e sentimentos, das suas qualidades e dos seus defeitos. Já aqui dei opiniões e partilhei gostos bem conhecidos. O leitor atento já sabe para que lado o meu coração pende em pessoas, causas, estilos ou jóias.  Já falei de mim. Já mudei de opinião e já admiti erros.  Muitos daqueles que me lêem elogiam a maneira crítica (sem medos!) com que opino. Outros preferem a emoção que eu coloco nas palavras e que fazem, feitas as contas, o T&T um blog informativo mas também muito pessoal. Em mais um ano quero arriscar um tema que me tem feito pensar muito, acima de tudo em mim mesma e na minha maneira de ver as coisas. E obrigada a todos os fervorosos fãs da Duquesa de Cambridge e da Meghan Markle por isso!
As I mentioned in the last post of 2017 after almost 6 years of existence, I came to the conclusion that T & T is a reflection of myself, of my growth as a person, of my ups and downs and as such T & T is not a perfect blog . It says a lot about the person who writes these words, her knowledge, opinions and feelings, her qualities and her flaws. I have given opinions and shared well-known tastes. The attentive reader already knows to what side my heart hangs on people, causes, styles or jewels. I already told you a lot about me. I've already changed my mind and I've admitted mistakes. Many of those who read me praise my critical way (without fears!) of writting. Others prefer the emotion that I put in the words and that make, at the end of the day, T & T an informative but also very personal blog. In another year I want to risk a theme that has made me think a lot, above all about myself and in my way of seeing things. And thank you to all the fervent Duchess of Cambridge and Meghan Markle fans for it!
Embed from Getty Images
Dia da Natal. Sandrigham. A Família Real Britânica comparece à tradicional Missa de Natal. Como anunciado previamente, Meghan Markle, noiva do Príncipe Harry de Gales, compareceu a este tradicional evento familiar, naquele que foi para muitos um acto sem precedentes na Família Real Britânica, uma vez que Meghan ainda não faz oficialmente parte da família real inglesa e como tal a sua presença pós-noivado e pré-casamento no Natal dos Windsor foi algo visto como inovador. Sinceramente? Penso que existem muitos maníacos por ai, que são mais protocolares do que a própria Rainha de Inglaterra, principalmente em relação a assuntos que possam alimentar o atrito entre fãs.
Christmas Day. Sandrigham. The British Royal Family attends the traditional Christmas Service. As previously announced, Meghan Markle, Prince Harry of Wales's fiancée, attended this traditional family event in what was for many an act unprecedented in the British Royal Family, since Meghan is not yet officially part of the Windsor Clan and as such, her post-engagement and pre-wedding attendance at Windsor's Christmas was something seen as break in tradition. Sincerely? I think there are a lot of maniacs out there, who are more protocol freaks than the Queen of England herself, especially on matters that can fuel friction between fans.

Embed from Getty Images
E sim uso a palavra fãs, porque a maior parte das coisas que tenho lido, visto, ouvido nos últimos meses nas redes sociais e grupos não são de pessoas genuinamente interessadas na Instituição Monarquia (britânica ou outra qualquer). São fãs. Fãs de uma pessoa ou grupo que seguem fervorosamente, incapacitando com palavras, críticas ou opiniões qualquer outra pessoa ou grupo que sejam vistos como "concorrência." Os fãs também são aqueles que adoram um belo rumor, uma especulação bem fundamentada e que repetem vezes sem conta os mesmos argumentos e velhas histórias. Os fãs são aqueles que gastam energia a apontar o mau dos outros, em vez de desfrutarem o bom de quem admiram. Os fãs são aqueles que se escondem por detrás de um perfil virtual para atacarem, ofenderem e magoarem todos aqueles que não partilhem a mesma opinião do que eles. E quanto mais profunda for a ferida que abrirem, mais brilhantes eles se sentem! Os fãs são provavelmente todos aqueles que no dia-a-dia, no contacto pessoal com outras pessoas, são incapazes de expressar uma opinião pessoal bem fundamentada.
And yes I use the word fans, because most of the things I have read, seen, heard in recent months in social media and social networks groups are not people genuinely interested in the Monarchy (British or other) as an Institution. They're fans. Fans of a person or group who they follow fervently, incapacitating with words, criticism or opinions any other person or group that is seen as "competition." The fans are also those who love a good gossip, a well-founded speculation and who repeat over and over again the same arguments and old stories. Fans are those who spend energy pointing to the bad of others instead of enjoying the good of the people they admire. Fans are those who hide behind a virtual profile to attack, offend and hurt all those who do not share the same opinion. And the deeper the wound they open, the brighter they feel! The fans are probably all those who on a daily basis, in personal contact with others, are unable to express a well-grounded personal opinion.

Embed from Getty Images
Já sabíamos que Meghan seria comparada de todas as maneiras possíveis e imaginárias à Duquesa de Cambridge. E, aparentemente não existe maneira possível de se gostar de uma, sem se odiar a outra...Ora uma gasta mais, ora a outra se veste melhor, ora uma sorri, ora a outra é mais simpática, ora uma parece nervosa, ora a outra faz uma vénia melhor. Pessoas, um verdadeiro pesadelo! Os fãs Kate vs fãs Meghan abriram verdadeiras hostilidades que envergonhariam, certamente, qualquer das duas lesadas. E para quê? O que ganham com isso? Rugas, certamente, e um coração muito pesado! Porque tudo o que semeámos, colhemos a dobrar. Até a má-língua.
We already knew that Meghan would be compared in all possible and imaginary ways to the Duchess of Cambridge. And, apparently there is no possible way to like one without hating the other ...Now one spends more, sometimes one dresses better, sometimes one smiles, sometimes the other is more sympathetic, sometimes one looks nervous, sometimes the other does a better courtesy. People, a real nightmare! Kate fans vs. Meghan fans opened up real hostilities that would surely embarrass both ladies. And for what? What do they get out of it? Wrinkles, certainly, and a very heavy heart! Because "for whatever a man sows, that he will also reap.", make no mistake. Even prejudice!

Embed from Getty Images
Dias depois são divulgados os números referentes aos compromissos oficiais levados a cabo pelos membros da família real britânica e mais uma vez os anti-Cambridges e pró-Harry ou pró-outro qualquer proporcionaram uma verdadeira batalha virtual sobre o "reduzido" número de compromissos que o segundo na linha de sucessão ao trono e a sua esposa tiveram em 2017. Ah, as maravilhas das redes sociais! Se o William e a Kate superassem o Príncipe de Gales e a Duquesa de Cornualha em número de compromissos, ai sim algo estaria errado para mim. Até lá, tudo o que se possa concluir é pura especulação. A agenda destas pessoas é preparada ao detalhe. Nada escapa nesta máquina. E como eu disse inúmeras vezes, se os números do William e da Kate são os que são, a Rainha certamente terá algo a dizer sobre isso. E este "algo" pode ser simplesmente: Continuem, estão no caminho! Já pensaram nesta possibilidade, ou alguém pode afirmar com 100% de certezas que a Rainha está descontente com o trabalho efectivo do Duque e Duquesa de Cambridge?
A few days later, the official 2017 numbers made by members of the British royal family are revealed, and once again the anti-Cambridges and pro-Harry or pro-another Royal have provided a real virtual battle over the "reduced" number of commitments performed by the second in the line of succession to the throne and his wife in 2017. Ah, the wonders of social networks! If William and Kate had surpassed the Prince of Wales and the Duchess of Cornwall in number of engagements, then yes, something would be wrong for me. Until then, all that can be concluded is pure speculation. These people's schedules are prepared to detail. Nothing escapes on this machine. And as I've said countless times, if the numbers of William and Kate are what they are, the Queen will surely have something to say about it. And this "something" may simply be: Go on, we are on the right way! Have you thought about this possibility, or can anyone claim with 100% certainty that the Queen is unhappy with the actual work of the Duke and Duchess of Cambridge?

Embed from Getty Images

Onde é que eu quero chegar com isto? Primeiro que tudo quero dizer que não sou melhor do que ninguém. Sou muito rápida a pré-julgar e já aqui expressei imensas vezes, e talvez me tenha contradito noutras tantas, a minha opinião sobre os Cambridges. Mas sabem, uma coisa é falar de roupas, e dizer se gostei ou não de um determinado look, outra coisa é falar e opinar sobre pessoas que não conheço a um nível tão específico como capacidade de trabalho e esforço. E é preciso reconhecer que, na MAIORIA das vezes, sabemos muito pouco sobre o que verdadeiramente se passa.
Where do I want to go with this? First of all I want to say that I am no better than anyone else. I am very quick to judge, and I have already expressed many times, and perhaps contradicted myself in many others, about the Cambridges. But you know, it's one thing to talk about clothes, and say whether or not I like a particular look, it's another thing to talk about people I do not know at such a specific level as work ability and effort. And we must recognize that, MOST of the times, we know very little about what is really happening.

Embed from Getty Images
Sem dúvida que Harry e a Meghan têm um factor empático que não é tão visível em William e Kate. Mas isso faz destes pessoas menos válidas e capazes? Não, claro que não! William e Catherine terão que provar o quão válidos e capazes são ao mais alto nível. E nós cá estaremos para ver e, como admiradora da instituição que representam, aqui estarei para celebrar as suas vitórias.
No doubt that Harry and Meghan have an empathic factor that is not so visible in William and Kate. But does this make these people less valid and capable? No of course not! William and Catherine will have to prove just how valid and capable they are at the highest level. And we will be here to see and, as an admirer of the institution they represent, I will be here to celebrate their victories.

Embed from Getty Images
Muitas pessoas expressaram o seu desapontamento pela minha exclusão da Duquesa de Cambridge da lista dos "T&T Best of." Eu excluí-a porque quero ver mudança no "Mundo" e parte dessa mudança começa aqui no T&T quando assumirmos de uma vez por todas que, embora as pessoas gostem naturalmente de seguir os membros da realeza mais jovens, o herdeiro do trono do Reino Unido é o Príncipe de Gales. A esposa do Príncipe de Gales é a Duquesa da Cornualha. E, naturalmente, os seus números são mais elevados. E naturalmente falarei deles em detrimento dos outros membros da família real, tal como faço com outras casas reais. Mas podem estar certos que sempre que William, Kate, Harry ou Meghan me arrebatarem o coração, cá estarei para falar sobre o assunto. Os fãs travam verdadeiras lutas de opinião porque criam expectativas muito próprias sobre assuntos e pessoas, sobre os quais, não sabem verdadeiramente nada! Essa é a dura verdade! Na sua maioria, somos todos espectadores na cena real e devemos ser mais tolerantes, acima de tudo, entre nós.
Many people expressed their disappointment at my exclusion of the Duchess of Cambridge from the  "T&T Best of" last year. I excluded her because I want to see change in the "World" and part of that change begins here at T & T when we need to assume once and for all that, although people naturally enjoy following the younger royals, the heir to the UK throne is the Prince of Wales. The wife of the Prince of Wales is the Duchess of Cornwall. And, of course, their numbers are higher. And of course I will speak of them to the detriment of the other members of the royal family, as I do with other royal houses. But you can be sure that whenever William, Kate, Harry or Meghan snatches my heart, I'll be here to talk about it. The fans fight true opinion fights because they create their very own expectations about subjects and people, about which, they truly know nothing! That's the hard truth! For the most part, we are all spectators in the royal scene and we must be more tolerant, above all, between us.


O T&T é um blog generalista e como tal, é-me impossível escrever sobre tudo e todos. Não me interessa escrever primeiro, escrever melhor ou ter muitos seguidores. Interessa-me sim, escrever sobre aquilo que me dá prazer ao mesmo tempo que consigo transmitir algo de bom e positivo aos meus leitores. Comecei por dizer que este blog é um reflexo do meu próprio crescimento. Claramente ainda não cresci o suficiente para ser indiferente a estas loucuras, mas para lá caminho. Mas a verdade é que quero comprometer-me, perante vós, a julgar menos. A respeitar mais. A abraçar o que de melhor todas estas pessoas me podem transmitir. A celebrar cada causa abraçada, independentemente do seu porta-voz e do seu estilo e dar palavras emotivas e criticamente construtivas ao seu trabalho.
T & T is a generalist blog and as such, it is impossible for me to write about everything and everyone. I'm not interested in writing first, writing better or having a lot of followers. It interests me, to write about what gives me pleasure while I can convey something good and positive to my readers. I started by saying that this blog is a reflection of my own growth. Clearly I have not grown enough to be indifferent to these follies, but I'm working on that. But the truth is that I want to commit myself before all of you to judge less. To respect more. To embrace the best of all these people can convey to me. Celebrating every cause embraced, regardless of its advocate and their style, and give emotionally and critically constructive words to their work.


Desde que entrei no mundo das redes sociais ligadas à realeza as coisas boas superam amplamente as más, mas é preciso ter um coração grande, muita paciência e cultivar o bom-senso constantemente. Não é fácil. Mas alguém me disse um dia que ler o meu blog a faz melhor pessoa. É difícil conseguir melhor do que isto! Espero continuar à altura e trabalhar diariamente em mim mesma para as coisas boas continuarem a superar as menos boas, tendo sempre presente que, a todos os níveis, é sempre mais fácil mudar a minha atitude do que que a atitude dos outros.
Since joining the world of social networks linked to royalty, good things far outweigh bad ones, but you need to have a big heart, a lot of patience, and cultivate good judgment all the time. It's not easy. But someone told me one day that reading my blog makes her a better person. It's hard to get better than this! I hope to keep up and work daily on myself so that good things continue to outweigh the less good ones, always bearing in mind that, at all levels, it is easier to change my attitude than the attitude of others.

Comentários

  1. Realmente, foi um texto muito lúcido. Como não moro na Europa e não sou mornarquista, sigo mais a moda das casas reais de um modo geral. Os Duques de Cambridge me desapontaram. Infelizmente. Acho os discursos mau preparados, principalmente os da duquesa. Os números de trabalhos deles são menores do que da Princesa Real, que, apesar de herdeira, não e é uma herdeira direta do trono. As idéias de Charles, William e da própria Rainha não parecem ser as mesmas de como conduzir a Família Real. Quanto a Harry e Meghan, estou esperando para ver. Que eles são simpáticos são. Que ela é bonita é. O que me desagradou: pra que ficar mostrando a mão com o anel em todas as fotos? Porque, e dá pra ver bem no video, ela anda colada ao braço dele como se fosse uma tábua de salvação? Enfim... Embora eu ache a casa real britânica interessante, tenho expandido meus horizontes para outras casas reais, e se os fofoqueiros de plantão estiverem certos, a Rainha Margherete da Dinamarca irá abdicar e teremos um novo casal real. Quero muito ver a Mary com aquelas coroas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário. Não há nenhum problema em seguir a realeza com o exclusivo interesse na moda. É isso maioritariamente que a imprensa mundial vende. Em relação à sua desilusão, entendo-a, mas aconselho-a a pensar que realmente William, Kate, Harry e Meghan apenas terão um papel mais efectivo e substancial, quando Carlos se tornar Rei. Além disso há imenso trabalho que é feito a portas fechadas que não temos como medir. Posso estar completamente errada, mas prefiro gastar a minha energia a tentar ver as coisas por outro prisma do que estar constantemente a criticar. Além disso se algo não me agrada, há tantas caras, tantas coisas para fazer!! Porquê nos deixar afectar por pensamentos menos bons em relação a pessoas que nem sabem que existimos??? Meghan no Natal, na sua primeira grande aparição ao lado de toda a família real,estava visivelmente nervosa. E você não estaria? Eu estaria certamente. Todos os olhos estavam centrados nela. Claro que ela se apoiou em Harry. Na entrevista de noivado, a própria Meghan disse que enquanto actriz ela nunca foi alvo de tanto mediatismo, e por isso, e apesar das pessoas acharem que ela poderia estar habituada a esta escrutínio, ela não estava. Tudo isto é uma novidade para ela. E certamente é assustador. Em relação ao anel...é natural que sendo a única jóia que usa nas mãos actualmente que se destaque em cada foto. Margarethe dificilmente irá abdicar. Não conte muito com isso... Bom Ano!

      Eliminar
  2. Very well said.
    I think respect is something our modern world (online and offline) really lacks in.
    You don't always have to like what someone did but it's their own decision and probably the best for them and at the same time it could be less perfect for someone else.
    Keep up with your great work!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hello Caroline. Thanks for you comment and words. Yes, we really don't like to be judged by otheres but we have allways something to say about others, and most of the times, if not allways, we really aren't on other people's shoes, so who are we to judge? :

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares