Quando a causa é pessoal / When the cause is personal

Sabem qual é que eu acho que é o segredo para um bom trabalho em defesa de uma causa? Essa causa ser-nos pessoal. Podemos actuar em várias campos a nível de voluntariado e trabalho comunitário o que, na realidade, não é muito diferente daquilo que fazem as nossas caras da realeza. Mas seremos efectivamente extraordinários quando trabalhamos naquilo que nos apaixona, e que nos toca verdadeiramente o coração. Daquilo sobre o qual podemos falar por experiência própria.
Do you know what I think is the secret to a good advocacy work? This cause must be personal to us. We can act in various fields at the level of volunteering and community work, which in reality is not very different from what our royal faces do all the time. But we can  be really extraordinary when we work on what burns us inside, on what truly touches our hearts. On which we can speak from our own experience.

DET DANSKE KONGEHUS / Instagram

Extrapolando para a realeza é inequívoco o à vontade e paixão que transparece quando vemos Charlene em actividades ligadas à natação, Mary a prevenir doenças coronárias, Victoria em actividades ao ar livre, Camilla na promoção de leitura, Máxima a falar de desenvolvimento financeiro, Letizia a destacar personalidades que valorizam a sociedade...Enfim, são vários os exemplos em que as nossas meninas (e meninos!) dão voz, e acima de tudo, coração, porque existem causas que são realmente especiais para eles.
Extrapolating to royalty is unequivocal the natural will and passion that transpires when we see Charlene in activities linked to swimming, Mary preventing coronary heart disease, Victoria in outdoor activities, Camilla in reading promotion, Máxima speaking about financial development, Letizia highlighting the personalities that value society ... Anyway, there are several examples where our girls (and boys!) give voice, and above all, heart, because there are causes that are really special for them.

DET DANSKE KONGEHUS / Instagram

Foi o que aconteceu com a Princesa Marie da Dinamarca ontem. Normalmente não falo muito de Marie aqui, mas achei que valia a pena. Marie é Patrona da Associação Dinamarquesa Autismo-Landsforeningen Autisme - desde 2011. A Princesa confessou mais tarde que aceitou este patronato, porque um dos seus sobrinhos é autista, o que torna esta causa muito próxima ao seu coração. O envolvimento de Marie com esta associação é bastante abrangente, sendo vários os eventos anuais aos quais a Princesa comparece em apoio a esta causa.
That was what happened to Princess Marie from Denmark yesterday. I do not usually say much about Marie here, but I thought it was worth it. Marie is a Patron of the Danish Autism Association-Landsforeningen Autisme - since 2011. The Princess later confessed that she accepted this patronage because one of her nephews is autistic, which makes this cause very close to her heart. Marie's involvement with this association is quite comprehensive, with several annual events to which the Princess attends in support of this cause.

DET DANSKE KONGEHUS / Instagram

Segundo a Associação Americana de Psiquiatria, as Perturbações do Espectro do Autismo (PEA)“são um síndrome neuro-comportamental com origem em perturbações do sistema nervoso central que afecta o normal desenvolvimento da criança. Os sintomas manifestam-se nos primeiros três anos de vida e incluem três grandes domínios de perturbação: social, comportamental e comunicativo.”
Segundo estudos globais, estima-se que 10 em cada 10.000 pessoas tenham Autismo, sendo que na mesma população 30 pessoas apresentam  perturbações globais do desenvolvimento no quadro do autismo.
According to the American Psychiatric Association, Autism Spectrum Disorders (PEA) "are a neuro-behavioral syndrome that originates in disorders of the central nervous system that affect the normal development of the child. Symptoms manifest themselves in the first three years of life and include three major domains of disturbance: social, behavioral, and communicative. "
According to global studies, it is estimated that 10 out of every 10,000 people have Autism, and in the same population 30 people have overall developmental disturbances in autism.


O apoio familiar, a compreensão, a promoção da autonomia para um portador de autismo e o combate ao estigma são vitais para um bom acompanhamento do autista. Neste sentido a Princesa dinamarquesa convidou várias crianças e seus familiares para um tarde de diversão no Parque Tivoli, em Copenhaga. E pelas caras de todos, foi um bom dia!!
Family support, understanding, promoting autonomy for a person with autism, and combating stigma are vital for support the autistic population. In this sense the Danish Princess invited several children and their families for an afternoon of fun at Tivoli Park in Copenhagen. And for everyone's faces, it was a good day !!

Besøg i Tivoli
H.K.H. Prinsesse Marie inviterede i dag børn med autisme, deres søskende og forældre til en eftermiddag i Tivoli i København. Her prøvede familierne blandt andet Rutschebanen og besøgte Tivolis akvarium. Prinsessen er protektor for Landsforeningen Autisme. Rettigheder: Kongehuset ©
Publicado por Det danske kongehus em Segunda-feira, 30 de Outubro de 2017


Isto faz-me pensar: caso fossem membros de uma família real, ou a nível de voluntariado, o que gostariam de apoiar? Sou epiléptica, as crianças em situação vulnerável são-me próximas e a situação da pessoa idosa é para mim uma grande preocupação, e por isso apoio crianças com cancro, através da APLAS, a Liga Portuguesa Contra a Epilepsia, fiz trabalho profissional e voluntariado em vários Lares de Terceira Idade e a nível profissional apoio a Terra do Sonhos e as Aldeias de Crianças SOS.
E mesmo assim, não acho suficiente...
This makes me think: if you were members of a royal family, or at a volunteering leval, what would you like to support? I am epileptic, children in vulnerable situations are close to me and the situation of the elderly person is a great concern for me, and for this reason I support children with cancer, through APLAS, the Portuguese League Against Epilepsy, I have done professional and volunteer work in several Senior Homes and at professional level I support a Terra dos Sonhos and Aldeias de Crianças SOS
And even then, I do not think, it's enough ...

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares