quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Foi a minha vez de ser entrevistada + Resposta Real / It was my turn to be interviewed + Royal Letter

No rescaldo das minhas entrevistas de verão a minha querida leitora M.T. de Atenas, Grécia, desafiou-me a responder a algumas perguntas que eu fiz a alguns dos meus bloggers reais favoritos.
Aqui fica a mini-entrevista.
In the aftermath of my summer interviews series my dear reader M. T. from Athens, Greece, challenged me to answer some questions I asked a few of my favorite royal bloggers.
Here is my mini-interview.

Lurdes, Royal Blogger on T&T.




- Conta-me um pouco mais sobre a tua paixão por realeza.
- Tell me about you and your passion for royalty. 

A minha paixão pela realeza existe desde que me conheço como pessoa. Não consigo distinguir o momento em que comecei a interessar-me por este assunto. Sempre fui sonhadora, sempre gostei de História e sei que talvez este meu interesse venha dos filmes da Sissi, protagonizados pela Romy Schneider que vi em criança. Quando conheci a história dos Romanov, num livro de saúde que tinha em casa (no capítulo da Hemofilia) também fiquei fascinada. Acho que foram estas personagens com destino trágico que me fascinaram.
A minha mãe também comprava muitas revistas cor-de-rosa, e as caras da realeza sempre foram conhecidas para mim. Com o passar do tempo foi mesmo o papel que estas pessoas podem ter na sociedade que me fascinou e continua a fascinar. Como descrevo neste blog: "São as fracções de histórias na História na qual estas pessoas pertencem". 
My passion for royalty is in my soul since I can remember. I can not distinguish the moment the interest in this subject started. I was always a dreamer, always liked history and I know that maybe this interest comes from the Sissi movies, with Romy Schneider I saw as a child. When I knew the story of the Romanov last Imperial family, reading a medical book I had at home (in the Chapter about Hemophilia) I was also fascinated. I think these were characters with tragic fate that fascinated me. My mother also bought many magazines, and the royals have always been known to me. Over time it was the role that these people can have in society that fascinated me and still does. As I describe in this blog: "These are stories fractions in History in which these people belong."


- Sei que tens uma grande admiração pela Princesa da Coroa Mary. Qual a tua opinião sobre ela?
- I know your passion about Crown Princess Mary. What is your opinion about her? 

Mary para mim é um modelo a seguir. A vários níveis. Para mim é a princesa mais elegante da actualidade, independentemente de ter ajuda profissional ou não. Porque há uma coisa que não podemos negar: a postura da Mary é bem dela, e isso, na minha opinião é o que faz a elegância de alguém.
Penso que Mary é uma pessoa muito perfeccionista, o que pode em muitos casos, ser confundido com arrogância. É alguém que tem perfeita consciência do seu papel na sociedade dinamarquesa e a nível global. Alguém que percorreu um caminho, que muitas vezes não deve ter sido nada fácil, mas que soube conquistar e definir um lugar e postura muito próprios nos palcos da exposição pública. Penso que Mary é, tudo considerado, alguém muito simples, muito descontraída e um forte pilar para o seu marido, mas que sabe que quando sai à rua tem que ser a melhor representante do seu país da melhor forma que conseguir.  
Mary for me is a role model. At several levels. For me she is the most elegant princess of our days, regardless of whether she has or not professional help. Because there is one thing we can not deny: Mary's attitude is pretty much her own and this, in my opinion is what makes someone elegant or not.
I think Mary is a very perfectionist person, which can, in many cases, be confused with arrogance. She is someone who is fully aware of her role in the Danish society and globally. Someone who traveled a path that often must not have been easy, but she had find out how to win and set a place and own posture on the stage of public exposure. I think Mary is, at the end of the day, someone very simple, very relaxed and a strong pillar for her husband, but who knows that when she goes out, she has to be the best representative of her country, in the better way she can.


- Qual a tua rotina diária enquanto blogger? A tua família, amigos e o Hugo sabem deste teu hobby? Como é que eles reagem?
- What is your daily routine as a blogger? Your family, friends and Hugo know sbout your hobby? How do they react? 

A minha rotina depende muito do trabalho que tenho para fazer. Como trabalho à partir de casa tenho alguma flexibilidade e posso passar um dia inteiro só a acompanhar eventos, assim o queira. Geralmente vejo a agenda das principais damas sobre as quais escrevo, mas não sou muito rígida. Gosto de escrever sobre aquilo que gosto e não necessariamente sobre tudo o que acontece. Há eventos que têm prioridades, claro. E tenho a perfeita noção que em determinadas alturas TODOS os blogs sobre realeza escrevem sobre o mesmo. Como tenho um blog geral, ou seja, não me limito a escrever sobre uma personalidade em particular, muitas vezes deixo determinadas noticias para blogs mais especializados. Há muitos blogs bons por ai e eu preciso de me focar naquilo que me dá prazer escrever.  
Todas as pessoas sabem que eu tenho um blog. Todas as pessoas sabem que gosto da realeza. Nunca o escondi desde pequena. Enquanto colegas minhas tinham recortes de boys bands ou actores nos seus cadernos da escola, eu tinha de pessoas que já tinham morrido e que usavam coroa. Á medida que fui crescendo, nunca escondi esta paixão. A minha família não tem noção do que atingi mas tem bastante orgulho em mim. Quando criei o blog em 2012, partilhava as publicações na minha conta pessoal do Facebook, logo toda a gente via. Muitos colegas de trabalho viam. Muitos poderão ter gozado. Mas pela frente nunca ninguém teve coragem de me dizer nada. Porquê? Porque quando temos uma paixão inabalável por algo, as pessoas à nossa volta podem não compreender, podem até gozar connosco, mas sabem no fundo que nunca nos irão afectar. E acredito até que muitas delas me respeitam por isso. Existe a tendência para as pessoas pensarem que, porque nos formámos numa determinada área ou trabalhamos numa determinada profissão, apenas nos podemos interessar por isso. Sempre adorei esta minha versatilidade. De facto, orgulho-me cada vez mais dela.
O Hugo nunca gostou da Monarquia. Hoje respeita certas personalidades pelo trabalho que fazem, e tem muito, muito orgulho em mim. Ele lê inclusive o T&T!! Ele apoia-me bastante e adora ver a minha excitação num casamento real ou num nascimento. Ele acha que sou doida, mas como o maravilhoso marido que é, ele adora ver-me feliz!! Em Portugal as pessoas têm uma ideia muito distorcida da realeza, porque apenas têm acesso à informação pelos meios de comunicação social que se limitam muitas vezes a escrever o que vende, ou seja, puro sensacionalismo. A culpa não é das pessoas/leitores. Mas em determinada altura, achei que a maneira como se escreve sobre realeza deveria ser diferente.
Comigo muitas pessoas ganharam visões diferentes sobre o assunto. E isso no final do dia aquece-me muito o coração.  
My routine largely depends on the work I have to do. As I work from home, I have some flexibility and I can spend a whole day just to keep up with events, if I want to. Usually I see the agenda of the main ladies, but I'm not very rigid. I like to write about what I like and not necessarily about everything that happens. There are events that have priorities, of course. And I'm well aware that at certain times ALL blogs about royalty write about the same subject. As I have a general blog, i.e. I do not limit myself to write about a particular personality, I often leave certain news to more specialized blogs. There are many good blogs out there and I need to focus on what gives me pleasure to write about.
Everyone knows that I have a blog. Everybody knows that I like royalty. I never hid it since early age. While my colleagues had clippings of boys bands or actors in their school notebooks, I had people who had died and who wore a crown. As I got older, I never hid this passion. My family doesn't quite understand what it is a blog or how it works, but they know I have several readers and they are quite proud of me. When I created this blog in 2012, I shared my posts on my personal Facebook account, then everyone saw them. Many work colleagues saw them. Many may have censure me. But on my face no one had the courage to tell me anything. Why? Because when we have an unwavering passion for something, people around us may not understand, may even tease with us, but they know deep down that they will never affect us. And I actually believe many of them respect me for it. There is a tendency for people to think that because we studied a certain subject or work in a particular profession, we can only interested on limited issues. I've always loved my versatility of interests. In fact, I am increasingly proud of it.
Hugo never liked Royals. Today he respects certain personalities for the work they do, and he has very, very proud of me. He actually reads T&T! He is very supportive and loves to see me excited with a royal wedding, a royal birth. He thinks it's crazy but, as a loving husband he is, he loves to see me happy! In Portugal people have a very wrong idea of ​​royalty, because the majority only has access to information by the media which often limit to write what sells, that is, pure sensationalism. The fault is not of the people / readers. But at some point, I thought I should change the way people write about royalty.
Thanks to so many things I wrote, people won different views on the subject. And at the end of the day, this is what warms my heart.


- Existem muitos blogs que se focam na moda. Qual a tua opinião sobre isso? Sei que procuras algo diferente...
- There are several blogs that focus on fashion. What is your opinion about this? I know that you are looking something different. 

Eu penso que se as pessoas são boas a escreverem sobre moda, então devem escrever sobre isso. Aliás, todos nós deveríamos fazer aquilo em que somos excepcionais e não apenas medianos. Deixei a investigação por isso. Não era excepcional. Era mediana.
Existem muitos blogs sobre moda. Eu gosto de dar a minha opinião sobre os looks, mas não descrever as roupas de forma exaustiva. Cansei-me disso. Sei que as pessoas adoram ler, adoram saber e muitas delas até comprar roupas e acessórios parecidos. Estão no seu direito. Abriu-se de certa forma um nicho de mercado nesse sentido, e é fantástico que as pessoas que são óptimas a identificar modelos e marcas o façam, e usem esse talento. Graças a este blog conheci pessoas fantásticas nestas áreas e leio todos os seus posts.
O visual é o que realmente salta mais à vista, mas o erro começa quando o público está mais na expectativa em relação ao que uma determinada dama irá usar, do que aquilo que ela vai fazer.
Lembra-te que quando criei o T&T, e com maior força no último ano, o meu objectivo era realmente mudar a maneira como se escreve sobre realeza. Ora se a maior parte das pessoas, no meu país pelo menos, tem uma visão muito fútil da realeza, se eu me limitasse a falar das roupas, essa mentalidade iria manter-se com toda a certeza. E na minha opinião, essa visão está muito longe da verdade. Por isso digo que o T&T é muito mais do que um blog sobre realeza. 
I think that if people are good to write about fashion, then they should write about it. In fact, we should all do what we are exceptional and not just average. I left research because of that. I was not exceptional. I was average.
There are many blogs about fashion. I like to give my opinion on looks, but not to describe the clothes exhaustively. I got tired of it. I know people love to read, love to know about it and many of them even buy clothes and accessories similar to the ones worn by a royal. And that's fine. A different commercial niche emerged from this, and it's fantastic for people who are great to identify models and brands to have such opportunities to become known for their talents. Thanks to this blog I met fantastic people in these areas and I read all their posts.
The look is what really jumps more in sight, but the error begins when the public is more in expectation about what a certain lady will wear than what she will do.
Remember that when I created T & T and, mostly in the last year, my goal was to really change the way people write about royalty. Now, most people,  in my country at least, have a very shallow view on royalty. If I limit myself to speak about clothes, this mindset would remain for sure. And in my opinion, this view is far from the truth. So I often say that T & T is much more than a blog about royalty.


- Por último, mas não menos importante, quem te desiludiu mais?
- Last but not list, who disappointed you the most? 

Essa é uma pergunta para a qual eu já tive muitas respostas e muitas opiniões.
Acredito que todos nós somos uma obra em progresso. Ao contrário do que muitas pessoas podem pensar eu gosto de todas as nossas meninas. E adoro quando elas são bem sucedidas nos seus papéis. Criticar não significa julgar no sentido negativo, nem muito menos não gostar. Hoje em dia apercebo-me que não podemos defender com sangue, suor ou lágrimas assuntos com base em especulações, rumores ou gostos pessoais. Toda a gente gosta de ter razão. Eu prefiro ter paz de espírito. Graças a este blog, e às pessoas que conheci tive também acesso a outro tipo de informação, e embora raramente a use “publicamente”, isso também me deu mais bases para formar opiniões. E nesse sentido acredito que a vida de membro da realeza não é fácil, mas que hoje em dia há que mostrar trabalho e dedicação. Há uma frase que não esqueço: “A quem muito é dado, mais lhe é exigido”. Pode parecer duro e injusto, mas para mim faz todo o sentido.
A imprensa desilude-me muitas vezes pela maneira como passa determinadas noticias e não dá valor a outras. Há muita selecção!  
Colocando as coisas de outra maneira, não pela desilusão mas pelo trabalho que ainda tem que fazer, eu diria que alguém que tem que definir muito bem a imagem que quer passar, porque a verdade é que ainda ninguém o percebeu, é o William, Duque de Cambridge. Fico de boca aberta com certas atitudes, frases, humor…etc. E muitas pessoas podem dizer que ele ainda tem muito tempo para aprender, porque é apenas o 2º na linha de sucessão. Pois, mas a magia e tristeza das monarquias é que novas eras estão ligadas ao ciclo da vida. E este é imprevisível. William pode estar a 20 anos de ser Rei, como pode estar a dois dias. Nunca sabemos! 
That is a question for which I have had many answers and many opinions over time.
I think we are all a work in progress. Contrary to what many people may think I like all our girls. And I love when they are successful in their roles. Criticising does not mean to judge in a negative sense, much less to dislike someone. Today I realize that we can not defend with blood, sweat or tears matters based on speculation, rumors or personal tastes. Everyone likes to be right. I'd rather have peace of mind. Thanks to this blog, and the people I met, I also had access to other type of information, and although I rarely use it in "public", it also gave me more bases to form opinions. And in this sense I believe that a royal life is not easy, but nowadays they must show LOTS of work and dedication. There is a phrase that I allways remember: "To whom much is given, much more is asked".  It may seem harsh and unfair, but to me it makes sense.
The press disappoints me often, beacuse the way they write certain news and gives no value to others. Too much selection!
In another way, not by disappointment but because of the work he still have to do, I'd say someone who must define very well the image he wants to pass, because the truth is he didn't quite well yet, is William, Duke of Cambridge. I just can't stand certain attitudes, phrases, humor ... etc. And many people can say that he still has plenty of time to learn, because he is only the 2nd in line. Yeah, but the magic and sadness of monarchies is that new eras are linked to the life cycle. And this is unpredictable. William may be 20 years away to become King, or two days. We never know!


- Poderias fazer algumas sugestões sobre o teu país e Lisboa?
- Can you suggest and write about your country and Lisbon? 

Tenho 32 anos de idade. Amo o meu país, e estou certa que é o melhor país do mundo. Mas só agora é que estou a começar a explorá-lo mais. Portugal é daqueles que países que tem tudo: pessoas simpáticas, um clima divino, praias, campo, montanhas, boa comida, bom vinho e muita, muita História.
Deixo-vos aqui com uma série de posts de uma blogger que visitou Portugal este ano e também me abordou pela mesma questão. Penso que as palavras dela e imagens irão descrever melhor do que eu o prazer que ela sentiu a descobrir Portugal! (1,2,3,4,5,6
I am 32 years old. I love my country and I am sure that is the best country in the world. But it is only now that I'm starting to explore it more. Portugal is one of those countries that has it all: friendly people, a divine weather, beaches, countryside, mountains, good food, good wine and lots and lots of history.I leave you here with a series of posts from a blogger who visited Portugal this year and also made me the same question. I think her words and images will describe better than I the pleasure she felt to discover Portugal! (1,2,3,4,5,6).

Obrigada M.T. pelo interesse, pelo carinho e por esta oportunidade. Se existirem mais perguntas que me queiram fazer estejam à vontade.
Thanks M. T. for the interest, all the affection and for this opportunity. If there are more questions out there, feel free to ask.


---
Noutras noticias, o prometido é devido e aqui está a primeira resposta a uma carta enviada a um membro da realeza.
In other news, a promise is a promise and here it is the first reply I got from a royal.



Escrevi ao Príncipe Harry por ocasião do seu 32º aniversário e aqui está a resposta. Um postal com uma fotografia e uma mensagem padrão na parte de trás. Mandei a carta no dia 15 e recebi a resposta a 21. Foi muito rápido!
I wrote to Prince Harry on the occasion of his 32nd birthday and here is the answer. A postcard with a picture and a standard message on the back. I sent the letter on the 15th and received the answer on the 21st, so they were was very fast!

2 comentários:

  1. Thank you very much for your time. Really it was very interesting all the answers. I didn't expect to post... Every day I was looking anxiously at mail. Tesouras and Tiaras is my f a v o r i t e bolg<3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thanks a lot Maria. It means a lot to me. It was really nice to put some ideias and opinions on written words. :)

      Eliminar