Sonhos com História #10 / Dreaming with History #10

Após uma mudança de visual no blog e com a chegada da Primavera (yeah), lembrei-me de um filme que apenas vi uma vez mas que apela exactamente à diversão primaveril, à sensualidade e elegância desconcertantes no ambiente de Versailles. Já chegaram lá?
After a change of visual on the blog and the arrival of Spring (yeah), I remembered a movie that I saw only once but that appeals precisely to the spring fun, sensuality and elegance in the Versalles vanue. Any more clues are needed?

Marie Antoinette


O filme de Sofia Copolla de 2006 tem a história ideal para ser dramático. Uma jovem princesa austríaca (filha da poderosa Maria-Theresa Habsburgo) chega a França com 15 anos para casar com o futuro Rei. No meio de um casamento arranjado e infeliz, cheio de traições, MA torna-se Rainha de um país em ebulição aos 19 anos de idade. No entanto os anos de ouro desta mulher que ficou para a História pela sua extravagância são contados de uma maneira leve e até divertida, sem no entanto deixar de pairar no ar o peso da infelicidade sobre a personagem principal.
The 2006 Sofia Coppola's film has the ideal to be dramatic a story. A young Austrian princess (daughter of the powerful Maria-Theresa Habsburg) arrives in France at age 15 to marry the future King. In the middle of an arranged and unhappy marriage, full of betrayals, MA becomes Queen of a boiling country at age 19. However the golden years of this woman who remains in History for her extravagance are counted in a lighter and even fun way, but it stays on the air weight of unhappiness of the main character.


Conhecida a personalidade desta Rainha francesa que ficou célebre pela frase "Se não têm pão, comam brioches" (quando confrontada com a informação que o povo de França não tinha pão para comer), Sofia Copolla não poupou nos pormenores que envolvem o filme num atmosfera irreal de luxo, ostentação e....gula!
Na corte de Versailles MA é envolvida em rígidas regras de etiqueta, ferrenhas disputas familiares e fofocas insuportáveis, mundo em que nunca se sentiu confortável. Praticamente exilada, decide criar um universo à parte dentro daquela corte, no qual pode se divertir e aproveitar sua juventude. Só que, fora das paredes do palácio, a revolução não pode mais esperar para explodir.
Vencedor de um Óscar da Academia para melhor guarda-roupa, este é um filme que pode causar algumas contradições de sentimentos.
The known personality of this French Queen who was famous for the phrase "If you do not have bread, eat cake" (when confronted with the information that the people of France had no bread to eat), Sofia Coppola did not spare the details surrounding the film in its atmosphere of unreal luxury, ostentation and.... greed ! 
In the court of Versailles MA is involved in rigid etiquette, fierce family feuds and unbearable gossip, a world she never felt comfortable. Virtually exiled, decides to create a separate universe within the royal court, where she could have fun and enjoy her youth. But, outside the palace walls, the revolution can not wait to explode. 
Winner of an Academy Award for Best Costume, this is a film that can cause us some contradictions feelings.



Por um lado percebemos o porquê da queda de Versailles e do fim trágico desta Rainha. Por outro lado percebemos também que não era fácil ser Marie Antoinette, Arquiduquesa da Áustria e Rainha de França!
For one hand we realize the reason for the fall of Versailles and the tragic end of this Queen. On the other hand we also realize that it was not easy to be Marie Antoinette, Archduchess of Austria and Queen of France!

O filme pode ser visto aqui em português do Brasil ou aqui em inglês.
The film can be seen here in Portuguese in Brazil or here in English

O filme de hoje é também uma homenagem à S. criadora da página Jardin Versailles do Facebook, pela beleza, inspiração, suavidade e sensualidade que coloca nas suas publicações.
The film today is also a tribute to the creativity S. from Jardin Versailles page on Facebook, for the beauty, inspiration, softness and sensuality that she puts in her publications.


Marie-Antoinette: This is ridiculous.
Comtesse de Noailles: This, Madame, is Versailles.
in Marie Antoinette (2006)

Comentários

Mensagens populares