Um futuro Rei faz a sua primeira aparição / A future King makes its first appearance


Que dias!! Foi talvez dos acontecimentos mais excitantes e cansativos de ver, muito pela completa espontaneidade da situação. Uma coisa é seguir um casamento real, cujo programa sai com semanas de antecedência. Outra coisa é seguir um nascimento real, em que somos avisados das entradas e saídas do Hospital algumas horas antes (ou minutos). Digo-vos: nunca estive tanto tempo a olhar para uma porta fechada (Entrada da Lindo Wing).... Mas cada minuto valeu a pena. Se por um lado fico sempre entusiasmada com um nascimento real, este foi sem dúvida aquele que segui mais de perto, e não por opção. A loucura em volta deste casal é tanta, que mesmo que eu não quisesse, era impossível  não ler ou ver tudo o que foi feito e dito acerca desta gravidez. Se concordo? Não, não concordo. É quase angustiante imaginar o que, principalmente a Duquesa deve ter sentido ao longo destas 24 horas que separaram o nascimento do seu primeiro filho e a saída do hospital, naquela que foi a primeira aparição de um Príncipe do Reino Unido e futuro Rei. Percebem a diferença? Ser mãe, é um sentimento que eu nem posso apenas imaginar. Ser mãe e saber que aquela criança tem o destino traçado, é algo que eu NÃO QUERO imaginar. Por mais que tanto William como Catherine estejam conscientes da sua importância e dos seus papéis no seio da monarquia mais mediática do mundo, penso que tudo muda quando são pais. Deve ser um sentimento completamente diferente. Aquela criança não é apenas deles. Irá ser reclamada pelo mundo inteiro. E isso deve ser avassalador. Só me estendi mais com este texto para realmente vos transmitir aquilo que senti ontem quando vi a saída da família. Fiquei muito feliz, a felicidade deles era bem visível  mas também a emoção. A Duquesa teve lágrimas nos olhos por diversas vezes, e se por um lado deve ter sido óptimo assistir a tais demonstrações de carinho, por outro lado, aquele momento, em que o seu primeiro filho foi mostrado ao mundo, um mundo ansioso por saber cada detalhe da vida destas pessoas, deve ter sido completamente esmagador para uma jovem mãe. 

What a days! It was perhaps the most exciting and tiring event and  to watch because of the very complete spontaneity of the situation. One thing is to follow a royal wedding, whose program is released weeks in advance. Another thing is to follow a royal birth, in which we are warned of the inputs and outputs of the hospital a few hours before (or minutes). I tell you:  I've never been so much time wtaching a closed door (entrance of the Lindo Wing). But it was worth every minute. On one hand I am always thrilled with a royal birth, this was undoubtedly the one I followed closely, and not by choice. The madness around this couple is such that even if I didn´t want to, it was impossible not to read or  see what has been done and said about this pregnancy. If I agree? No, I do not agree. It's almost painful to imagine, especially how the Duchess must have felt over these 24 hours that separated the birth of her first child and leaving the hospital, in what was the first appearance of a Prince of the United Kingdom and Future king. Can you see the difference ? Being a mother is a feeling I can only imagine. Being a mom and know that the child has his destiny drawn, is something I DO NOT WANT to imagine. As much as both William and Catherine are aware of their importance and their roles within the most famous monarchy over the world, I think everything changes when they are parents. Must be a completely different feeling. These kid is not theirs alone. He will be claimed by the whole world. And it must be overwhelming. I only extend myself more with this text to convey what I really felt yesterday when I saw the exit of the family. I was very happy, their happiness was visible but also emotion. The Duchess had tears in her eyes several times, and by one hand must have been great to attend such demonstrations of affection, on the other hand, that moment, when her first child was shown to the world, a world eager to know every detail of  these people's lifes must have been quite overwhelming for a young mother.

Os Duques de Cambridge pousaram para as fotografias nas escadas da Lindo Wing, no Hospital de St. Mary em Londres. O pequeno príncipe estava ao colo da Duquesa que nunca esteve mais bonita e doce. A Felicidade e emoção foram muito visíveis.




The Dukes of Cambride began their new lives as parents, cradling their baby prince and posing for pictures on the steps of the Lindo Wing of St Mary's Hospital in London. The Duchess held her son first and the she looked more beautiful and sweet as ever. The hapiness and emotion were quite visible.
Depois foi a vez do Duque segurar no seu filho enquanto se dirigiam aos jornalistas acampados, desde o dia 1 e Julho, para responder a algumas perguntas. Ele começou por dizer que o jovem príncipe tinha "um bom par de pulmões. É um menino grande. Bastante pesado. Ainda estamos a pensar no nome, mas vamos tentar ser rápidos". Acrescentou ainda "é a primeira vez o vemos realmente, por isso ainda temos que nos conhecer". O nome do futuro rei continua ainda por decidir". A duquesa referiu que "este é um momento muito especial. Eu penso que qualquer pai conhece este sentimento".

The Duke later held his son and walked forward with his wife to answer a few questions. He began by joking: "He's got a good pair of lungs on him, that's for sure. He's a big boy, he's quite heavy. We are still working on a name so we will have that as soon as we can."He added: "It's the first time we have seen him really so we are having a proper chance to catch up." The Duchess said: "It's very emotional, it's such a special time. I think any parent will know what this feeling feels like."
O duque ainda brincou que iria relembrar ao filho "a sua demora, quando ele for mais velho. Pois sei que vocês já estão aqui à espera há muito tempo. Felizmente agora vocês e o pessoal do hospital podem voltar às vossas vidas enquanto que nós cuidamos dele."
The duke joked:"I'll remind him of his tardiness when he's a bit older. I know how long you've all been standing here so hopefully the hospital and you guys can all go back to normal now and we can go and look after him.
Acerca das semelhanças William disse que "felizmente o bebé parece-se com a Catherine". Catheriene replicou a dizer "Não, não, não tenho muito a certeza disso"William e Catherine revelaram ainda que "já fizemos a primeira troca de fraldas".
The Duke said: "He's got her looks, thankfully," while The Duchess replied: "No, no, I'm not sure about that."Asked about changing nappies The Duke said: "We've done that already," and The Duchess agreed saying: "he's done his first nappy 
Após estas pequenas questões, o casal voltou para o interior do Hospital para colocar o bebé na cadeirinha de carro. O casal voltou a sair com o seu bebé na cadeirinha que o Duque cuidadosamente colocou no banco de trás do carro e iniciaram  o seu percurso até ao Palácio de Kensington, num Range Rover conduzido pelo próprio William. À chegada ao Palácio foram recebidos por vários populares que desejavam as maiores felicidades à mais recente família.



The Duke looked at ease holding his son and after speaking to the press for a few minutes returned inside the Lindo Wing with his wife. The couple soon emerged with their son in a baby seat and The Duke carefully fitted it onto the backseat of a Range Rover beside his wife before driving his family home. A crowd of well-wishers who were gathered at the entrance to Kensington Palace cheered as The Duke and Duchess arrived home with their baby.


E já está / And that's it:

S.A.R. o Príncipe George Alexander Louis de Cambridge
H.R.H. Prince George Alexander Louis  of Cambridge

---***---
dukeandduchessofcambridge.org, PA, Getty Images, AFP, Tesouras&Tiaras (FB)

Comentários

  1. "Ser mãe e saber que aquela criança tem o destino traçado, é algo que eu NÃO QUERO imaginar".

    Você tem toda razão, Lu. Lady Di que o diga... :(

    Bj,
    Angela.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares